Travessia Chacaltaya 5.300 - Charquini 5.500 - Huayna Potosi

Em dezembro de 2002, após um mês de pequenas caminhadas e ascensões, mas montanhas ao redor de La Paz, sai com minha mochila rumo a El Alto uma cidade a 4.100m..
Sai com destino a Chacaltaya, uma antiga estão de esqui que se encontra a 5.300 metros sobre o nível do mar e a mais alta do mundo.
Parti da estação rumo a o cume, com o tempo firme segui em frente, chegando no primeiro cume, fiz uma parada, pois estava muito pesado e aproveitei para fazer algumas fotos, percebi que o tempo mudava e com espantosa velocidade, pensei volto ou sigo, mas como tinha acabado de sair da estação não poderia voltar dali, então resolvi continuar.

Chegando mais ou menos no meio da minha travessia, o tempo estava mais coberto ainda, mas minha preocupação já não era tanto, pensei que logo abrisse outra vez e o céu voltasse a ficar azul.
Enquanto fazia minhas fotos e imagens o céu despencou em forma de pequenas bolas de gelo, como de gude, mas tão forte que machucava as partes do corpo expostas, e a quantidade era tão grande que antes de eu montar a barraca tudo ao meu redor estava branco.

Armar acampamento a 5.450 metros, embaixo de uma tempestade de granizo, sozinho, a poucos metros do cume de uma montanha com ventos muito fortes, e temperaturas de – 10ºC, não foi uma experiência muito legal e um pouco preocupante.
Para agilizar a montagem da barraca tirei minhas luvas e em questão de 1 minuto perdi as sensibilidades dos dedos, tina medo que a barraca voasse montanha a baixo e eu ficasse no meio da tempestade sem abrigo, mas por fim tudo deu certo.
Perdi como 40 minutos para conseguir me aquecer dentro do saco de dormir, a tempestade durou como 2 horas, mas foi o suficiente para me prender na barraca até a manhã seguinte, por que logo escureceu.

O restante da travessia foi muito tranqüila, sem maiores problemas cheguei a base da ultima montanha, onde tive que ficar por o excessivo acumulo de neve do campo 1 para cima, impossibilitando a caminha e escondendo todas as pequenas gretas, e isso não é legal para um escalador sozinho, sem estar encordado com outro.

Esta época do ano é ótima para quem não quer encontrar nenhuma alma viva nas montanhas e nos seus arredores, mas para a escalada em si, não seria a época e sim de junho a princípio de setembro.



Acampamento a 5.450 m, noite sem fim

Nenhum comentário: